Jaedong e Bisu se enfrentam pela última vez

4/11/2017 | Justin Groot, Blizzard Entertainment

Se me contassem no ano passado que eu apresentaria churrasco americano a Lee "Jaedong" Jae Dong e Kim "Bisu" Taek Yong, dois dos melhores jogadores de StarCraft da história, eu ia dar risada.

Mas aqui estamos. Estas duas lendas vieram à BlizzCon 2017 para disputarem uma partida de StarCraft: Remastered valendo US$ 25.000: a Ultimate Title Fight. Os dois começam o serviço militar no próximo ano, um rito de passagem obrigatório para os homens sul-coreanos. Por isso, provavelmente esta será a última vez que competirão por um grande prêmio de StarCraft. Sou um fã de longa data, então é uma honra sentar à mesa com eles. Então imaginem o constrangimento quando derrubei uma costela inteira, encharcada de molho, na minha calça.

É claro que eles reagem de forma positiva. Fingem não perceber, e são respeitosos a ponto de segurar a risada, o que é notável, pois o Bisu ri de tudo.

Felizmente, eles não são desastrados como eu. As roupas dos jogadores (Jaedong com um suéter da marca parisiense A.P.C., e Bisu com uma blusa de um popular rato dos desenhos animados) permanecem limpas e imaculadas como seus cabelos. (Por sinal, o altivo cabelo vermelho de Bisu merece uma música inteira só para ele.)

Estamos em uma humilde churrascaria em um shopping de Anaheim. Nos nossos pratos, montanhas de carne de peito, porco desfiado, macarrão de jalapeño, bolo de milho, e costelas. Eu fico horrorizado de vê-los comer sem colocar molho, então lhes mostro como funciona. Quando o Jaedong mergulhou o porco desfiado no molho barbecue, o rosto dele ficou vermelho.

"Ahhhhhh", ele falou.

Daqui a cinco horas, eles estarão no meio de uma partida de StarCraft, concorrendo a um prêmio considerável mesmo para campeões como eles. Porém, se estão nervosos, eles nem demonstram. Para esses jogadores, é só mais um dia de trabalho. Eu uso essa oportunidade, à beira de um grande momento, para fazer umas perguntas.

A próxima geração

"Você ensinaria seus filhos a jogarem StarCraft?" Pergunto. Os dois riem. Jaedong afirma que o jogo forma caráter, então ensinaria.

"E se o seu filho insistisse em jogar de terrano?" Eles riem ainda mais alto, e balançam a cabeça com veemência: "nunca". Jaedong e Bisu são sinônimos de zerg e protoss, respectivamente. Eles insistem que os filhos terão que seguir os passos dos pais, pelo menos quando o assunto é escolher uma raça de StarCraft.

Então falamos sobre o futuro da cena de StarCraft: Remastered. Os dois jogadores são cautelosos nas projeções, mas também otimistas.

"Os eSports estão crescendo rápido, e sempre tem a chance de surgirem novos jogadores", diz Jaedong.

"Vocês têm algum conselho para a próxima geração?" Pergunto.

"É preciso ser muito realista na hora de escolher essa carreira", diz Bisu. "Você precisa de talento pra ter sucesso nesse jogo. Se não tem, é melhor procurar outra carreira."

"Como descobrir se você tem talento?"

O Bisu ri, pensa um pouco. E então dá de ombros.

"É só se comparar às pessoas por perto", ele diz, mas o sorriso forçado deixa claro que não é simples assim, e ele sabe disso.

Hora do jogo

É um sentimento estranho ver Jaedong e Bisu subirem ao palco. Não importa quem vença, a carreira de um deles acabará com uma derrota. A arena lotada berra quando o famoso narrador Tasteless apresenta os jogadores. Eles ocupam seus lugares, mudam a expressão, e põem os fones, como tantas vezes já fizeram ao longo da carreira.

E assim, começa a Ultimate Title Fight.

Do meu assento, consigo ver Jaedong claramente. Ele parece extremamente concentrado. A única coisa que vejo de Bisu é a ponta de seu cabelo magnífico, que surge por trás do monitor. Felizmente, os telões exibem imagens dos rostos dos jogadores, cujos olhos se movem por todos os cantos da tela. As bocas estão firmes e austeras. Eu fico hipnotizado pelos movimentos sutis e precisos das cabeças deles, como se fossem servomotores.

O primeiro jogo começa promissor para Jaedong, que se defende de um Fanáticus no início do jogo sem perder um Zergnídeo sequer, o que é ainda mais impressionante considerando que o dono do Fanáticus é o Bisu. Conforme o jogo avança, porém, Jaedong fica para trás por conta do incrível macro do Bisu, ou seja, a capacidade de ele montar um exército grande e forte. Bisu sobrepuja os Furtivos do Jaedong, toma controle do mapa, e é isso aí.

No segundo jogo, a vitória parece próxima para Jaedong, quando ele invade com Hidraliscas no meio do jogo e quase acaba com a partida na hora. Porém, duas incríveis jogadas do Bisu mudam o rumo do jogo completamente.

Primeiro, ele acerta uma tempestade psi impecável na horda de Hidraliscas fora da base, transformando quase todas em uma geleia vermelha e fumegante. Nessa mesma hora, um Templário das Trevas entra escondido na base principal de Jaedong e mata os preciosos Zangões dele. Após duros golpes ao exército e economia dele, Jaedong resiste por mais alguns minutos, até enfim sucumbir à pressão incessante de Bisu.

A arena parece triste. Nem o maior fã do Bisu quer ver o Jaedong perder de 3-0 na sua última disputa importante. Porém, é isso mesmo que parece que vai acontecer. A fase do Bisu é simplesmente muito favorável. O apresentador do troféu, que estava sentado comigo, é chamado para os preparativos, caso a terceira vitória do Bisu venha rápido.

"Não se preocupe", eu digo. "O Jaedong vai vencer duas seguidas!"

Não é nisso que acredito, embora seja o meu desejo.

Logo no início do terceiro jogo, Jaedong invade a base do Bisu com três Zergnídeos, e a plateia vai à loucura. Mas novamente temos que encarar o fato de que Jaedong não é mais aquele jogador implacável de StarCraft. No passado, ele era conhecido pelo controle meticuloso dos Zergnídeos, e vencia qualquer jogo atacando sem parar os trabalhadores do oponente.

Mas para manter este nível de controle, são necessárias muitas horas de treino, e o Jaedong de 2017 não tem mais resistência para tal. (Na época, ele praticava 16 horas por dia, semana atrás de semana.) Por conta disso, os Zergnídeos até conseguem causar um estrago, mas Bisu logo os elimina todos.

Então acontece algo incrível: Jaedong envia mais Zergnídeos, uma enxurrada de dentes e garras, apostando que o ataque inicial enfraqueceu Bisu o suficiente para impedir uma defesa bem-sucedida. Bisu luta bravamente, mas o enxame arrasa a expansão dele seguidamente, e quando notamos, Jaedong já venceu a partida.

2 a 1. A plateia volta à vida. As pessoas pulam da cadeira, gritando e se abraçando. Tasteless e Artosis estão em êxtase. Jaedong conseguiu! Ele venceu uma partida!

Aproveitando o momento (Jaedong sempre curtiu agradar a galera) do quarto jogo, o subestimado jogador Zerg executa um "bust" de Hidraliscas perfeito, e castiga a estratégia arriscada de Bisu, que corria para desenvolver a tecnologia dos Templários das Trevas.

De repente, a pergunta não é mais "Será que Jaedong vence uma partida?", e sim "Será que Jaedong vence a final?" O povo berra: um som de ansiedade desenfreada. Eu olho para o rosto de Jaedong, buscando sinais de dor e exaustão. Os olhos dele estão brilhando mais que o normal? Ele torceu os lábios em desgosto?

Jaedong, no último jogo do último campeonato de sua carreira no StarCraft, não tem medo de se arriscar e inicia um ataque antecipado de Zergnídeos. Ele aposta todas as fichas, e não deixa margem para mudar de estratégia. É uma jogada audaciosa, mas sem frutos: o Bisu está preparado. O ataque fracassa, Jaedong pede GG, e o palco irrompe em barulho e luz.

O crepúsculo

Algumas imagens para encerrar:

Bisu aceita um enorme buquê de flores, dá uma fungada curiosa, e depois cheira de novo, por bem mais tempo, e se mostra surpreso de forma positiva.

Enquanto Bisu dá a entrevista da vitória, Jaedong está logo ao lado, tão desolado que eu quero correr até lá e dar um abraço, que se dane os seguranças.

Quando a entrevista acaba, uma multidão de fãs de StarCraft, desesperados por autógrafos, cerca os jogadores.

Porém, a imagem que me parece mais adequada é uma logo no início do dia, quando eu estava diante de Jaedong e Bisu em uma mesa com os restos do churrasco.

"Antes de encerrarmos a entrevista, tem algo que queiram dizer?" Pergunto.

Eles agradecem aos torcedores, ressaltam que estão gratos de participarem disso, e então a coisa fica séria. Eles falam sobre o serviço militar, e de que esse provavelmente será o último jogo antes de partirem. O que significa, para os fãs, que—

"Por favor, apoiem o StarCraft: Remastered", diz Jaedong.

"Quero que o StarCraft esteja aqui quando voltarmos", diz Bisu, concordando.

Siga para atualizações

Que tal mergulhar de cabeça na origem do universo StarCraft?
Visite o site do StarCraft II.